info
Invista com responsabilidade. A FxPro não é regulamentada pela Comissão de Valores Mobiliários do Brasil e não está envolvida em qualquer ação que possa ser considerada como solicitação de serviços financeiros; Esta página traduzida não é destinada aos residentes brasileiros.Invista com responsabilidade.Invista com responsabilidade.Os CFDs são instrumentos complexos e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro, devido à alavancagem. 70.25% dos investidores de retalho perdem dinheiro com este provedor. Tenha em consideração se compreende como funcionam os CFDs e se está em condições de perder o seu dinheiro.Os CFDs e as Apostas em Taxas de Spread são instrumentos complexos e apresentam um alto risco de perda rápida de dinheiro devido à alavancagem. 75.56% das contas de investidores de retalho perdem dinheiro ao negociarem CFDs e fazerem Apostas em Taxas de Spread com este provedor. Deve ter em consideração se compreende como funcionam os CFDs e as Apostas em Taxas de Spread e se pode correr o risco de perder o seu dinheiro.
A FxPro não é regulamentada pela Comissão de Valores Mobiliários do Brasil e não está envolvida em qualquer ação que possa ser considerada como solicitação de serviços financeiros; Esta página traduzida não é destinada aos residentes brasileiros.Invista de modo responsável: Negociar CFDs envolve riscos significativos.
Centro de Ajuda da FxPro - Glossário

MACD (Convergência/Divergência das Médias Móveis) (MACD (Moving Average Convergence Divergence))

O MACD é um indicador técnico popular desenvolvido por Gerald Appel, na década de 1970. É usado para indicar mudanças no momentum, na direção e na duração do preço de um ativo subjacente. O MACD foca a relação entre duas médias móveis. A primeira é chamada linha MACD e é calculada subtraindo-se a EMA (média móvel exponencial) de 26 períodos da EMA de 12 períodos. A segunda é conhecida como linha de sinal e consiste numa EMA de 9 períodos da linha MACD. Tanto a linha MACD quanto a linha de sinal são traçadas sobre o preço atual, e a diferença entre elas é apresentada num histograma abaixo do gráfico que está a ser monitorizado.

O MACD funciona melhor nas tendências de mercado, uma vez que pode alertar os negociantes para mudanças subtis na força e na direção da tendência de um ativo. Há três coisas que os negociantes de MACD procuram ao usar este indicador técnico.

1. Cruzamentos MACD/linha de sinal: Quando a linha MACD cruza a linha de sinal para cima, este é um sinal de alta, que indica o aparecimento de uma tendência ascendente. Quando a linha MACD cruza a linha de sinal para baixo, este é um sinal de baixa, que indica que vigora uma tendência descendente. Estes cruzamentos também são claramente visíveis no histograma, o que mostra a diferença entre ambos. O ponto no qual cruzam o histograma deve estar em zero, porque não há diferença entre eles.

2. Cruzamentos MACD/linha zero: Quando a linha MACD traçada no histograma cruza o eixo X ou a linha zero, não há diferença entre as EMAs rápidas (período curto) e lentas (período longo) que a compõem. Um movimento ascendente através da linha zero significa que a EMA de curto prazo está acima da EMA de longo prazo, o que é considerado uma indicação de possível reversão de alta. Um movimento descendente através da linha zero significa que a MME de longo prazo está acima da MME de curto prazo, o que é considerado uma indicação de uma possível reversão de baixa. É importante ter em mente que, enquanto um cruzamento de zero indica uma inversão de tendência, ele informa menos sobre o momentum dessa mudança do que um cruzamento de linha de sinal.

3. Quando o preço do ativo subjacente começa a divergir da linha ou do histograma MACD (ou seja, a ação do preço move-se para acima ou para baixo da linha MACD ou do histograma), isso pode ser uma indicação de que uma tendência atual está a começar a desintegrar-se.