info
Invista com responsabilidade. Invista com responsabilidade.Invista com responsabilidade.Os CFDs são instrumentos complexos e apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro, devido à alavancagem. 78.90% dos investidores de retalho perdem dinheiro com este provedor. Tenha em consideração se compreende como funcionam os CFDs e se está em condições de perder o seu dinheiro.Os CFDs e as Apostas em Taxas de Spread são instrumentos complexos e apresentam um alto risco de perda rápida de dinheiro devido à alavancagem. 80.59% das contas de investidores de retalho perdem dinheiro ao negociarem CFDs e fazerem Apostas em Taxas de Spread com este provedor. Deve ter em consideração se compreende como funcionam os CFDs e as Apostas em Taxas de Spread e se pode correr o risco de perder o seu dinheiro.
Invista de modo responsável: Negociar CFDs envolve riscos significativos.
O Que é Stop Loss e Stop Gain e Como Usar?

Como Usar Stop Loss e Stop Gain?

No mercado de ações você provavelmente já ouviu falar de Stop Loss e Stop Gain. Neste artigo falaremos sobre esses mecanismos de proteção utilizados pelos traders mais experientes de forma a lidar com oscilações e tendências de médio prazo no mercado.

Essas técnicas podem ser aprendidas pelo investidor para que possa se proteger de eventuais perdas. Além disso, servem como um "plano B" para permitir a reação adequada às oscilações do mercado.

Adiante abordaremos os seguintes assuntos:

  • O que é Stop Loss e Stop Gain?
  • Como essas técnicas funcionam?
  • Diferenças entre stop loss, stop gain e stop moving.
  • A importância dessas técnicas para os investimentos.
  • Como usar as técnicas? Como definir uma ordem de utilização?
  • Quando fazer uma ordem de stop loss?
  • Dicas para utilização.

O que é Stop Loss e Stop Gain?

Antes de falar exatamente sobre o significado dos termos precisamos explicar a dinâmica do mercado. Dessa forma você entenderá bem como utilizar o stop loss adequadamente. Além disso, você poderá também fazer uso do stop gain quando precisar estrategicamente.

São estratégias para otimizar os ganhos e permitir a boa permanência no mercado de ações

Vamos primeiramente falar sobre o conceito de stop loss de uma forma bastante ilustrativa. Dessa maneira você poderá entender bem a técnica e como trabalhar com ela da melhor forma.

Stop Loss

Imagine a seguinte situação, um investidor tem um montante considerável aplicado em determinado nicho de mercado. No entanto, o mercado acaba evoluindo ao contrário do que esse investidor esperava. O trader poderá usar o stop loss como maneira de barrar a tendência de perda. Ao fazer uso da técnica do stop loss, ele poderá limitar as suas perdas impedindo o aumento de seus prejuízos.

Portanto, o stop loss permite que o investidor limite possíveis perdas

Com certeza, o conhecimento e o domínio da técnica de stop loss permitirão evitar grandes prejuízos. Por isso é importante que o investidor profissional saiba operar com o stop loss sempre que necessário. A operação na bolsa de valores já é considerada em si mesma um tipo de negócio com alto potencial de risco.

No entanto; e relativamente, pode-se obter uma margem de ganhos excelentes com operações na bolsa. Mas o investidor profissional precisa entender de técnicas que são idealizadas em função da segurança de seus ativos. O stop loss é uma delas e falaremos detalhadamente sobre ela, mais adiante também falaremos sobre o stop gain.

O significado de stop loss

Stop loss é um termo do inglês que significa em tradução livre "parar a perda". Pode-se constatar muito do significado da técnica a partir do nome não é mesmo? Ou seja, é uma maneira de parar com a perda se houver uma tendência ocorrendo. Mas você pode estar se perguntando como poderia fazer isso?

Exemplificando para facilitar o entendimento

Você tem em suas mãos uma determinada quantidade de ações que estão com preços cada vez mais declinantes. Ao fazer análises gráficas e estudar o caso, com a ação evidenciando uma tendência de queda; você verifica que não haverá previsão de reversão. O stop loss funciona como uma forma de limitar perdas que possam acontecer posteriormente.

A ordem de stop loss

Quando o investidor analisa isso, ele pode enviar uma ordem de stop loss. Isso determinará a venda de determinadas ações caso essa atinja um preço de baixa determinado como limite. Caso você tenha comprado uma ação por 60 reais e tenha determinado que o limite para stop loss seja 50, além disso a ação atinja esse preço; você limitará sua perda a 10% do capital previamente investido.

Como o investidor determina a emissão da ordem de stop loss?

O trader pode entrar em contato com sua corretora e determinar que aquele será o seu limite de stop loss. Há sistemas Home Brokers que já têm essa funcionalidade para que o investidor possa proteger automaticamente seus ativos.

Há discussões teóricas sobre qual seria a porcentagem idealmente para um stop loss

Muitos investidores e especialistas no mercado de ações discutem qual seria idealmente essa margem de perda. Até mesmo para aconselhar investidores novos e experientes ao tomarem decisões. Há de certa forma algum consenso entre especialistas de que esse limiar para o stop loss seja mais curto, com perdas de 3% a 5%. Investidores que negociam menos ativos no mercado de ações podem se dar ao luxo de perderem um pouco mais antes de emitirem uma ordem de stop loss, como patamares de 10% a 15%.

É certo que não existe patamar fixo

O ideal é que o investidor acompanhe as tendências do mercado e analise a situação antes de tomar uma decisão de venda. Na realidade não há um patamar fixo que é indicado unanimemente, pois há momentos incertos para o mercado financeiro que podem ser passageiros. Isso significa que ao analisar essa perspectiva mais ampla, um investidor mais experiente poderá determinar um limiar de stop loss mais amplo; e com maior porcentagem de potencial perda.

Para estratégias de curto prazo

Para investimentos de curto prazo, o ideal é que as porcentagens sejam menores. Isso para evitar perdas maiores a curto prazo, portanto a adoção de estratégias eficazes será idealmente flexível de acordo com o panorama da realidade do mercado.

Quais as vantagens que o stop loss pode trazer ao investidor?

Vejamos agora quais as vantagens mais especificamente que essa técnica pode trazer ao investidor na bolsa. O stop loss tem algumas vantagens que podem ser enumeradas adiante:

  • Garante uma segurança contra perdas excessivas.
  • Permite que o investidor tenha uma medida exata de quanto pode perder, vender e reinvestir em outras ações que estejam em alta.
  • Oferece mais um fator que permite análise estatísticas do comportamento do mercado de ações.
  • O stop loss é ideal como medida emergencial caso haja uma queda brusca mas com tendências à permanência em baixa.

Há vantagens ao investidor ao aplicar a técnica de stop loss?

Realmente, essa técnica pode trazer vantagens para o investidor porque evita riscos desnecessários. Suponhamos que haja alguma ocorrência de baixa no mercado relacionada a ações que você tenha e por algum motivo não foi possível vender anteriormente. O stop loss pode avisar o investidor quando as ações chegarem a um nível limite para serem vendidas antes que haja mais perdas e prejuízos desnecessários.

O stop loss pode fazer toda a diferença

Muitos investidores acabam levando suas decisões no mercado financeiro para a vida pessoal. Isso quer dizer que caso tenham prejuízos, acabam levando como uma afronta a necessidade de venderem as ações quando atingem um nível de stop loss. Porém se a tendência de queda continuar ocorrendo, a chance de ter prejuízos ainda maiores será mais prevalente.

Nesses casos as decisões por fazer as vendas após a ação chegar a um patamar de stop loss podem ser ideais. Evitam prejuízos e com certeza podem trazer resultados mais positivos durante a contabilização das perdas.

A prática leva à
perfeição.

Conceito de stop gain

Essa técnica também é conhecida como stop de ganho e permite que um investidor saia com seu lucro intencional. Ou seja, o trader profissional assim que alcança a margem de lucro almejada realizará a venda, justamente para conseguir essa lucratividade de fato.

Um breve exemplo ilustrativo de stop gain

Suponhamos que o investidor tenha comprado determinada ação a 15 reais e deseja obter uma lucratividade de 5 reais. Ou seja, o nível de stop gain será determinado quando a ação estiver a um preço de 20 reais.

Quando a ação atingir o valor determinado para stop gain, ela será colocada à venda. É um fato que a operação na bolsa de valores tem uma característica de oscilação e volatilidade de preços. Essa delimitação é importante porque lhe permite vender o ativo quando seu valor estiver de acordo com seu planejamento.

A oscilação rápida do mercado pode mudar tudo de uma hora para outra

Por isso a técnica de stop gain pode ser importante para articulações e manobras de investimento. Considerando que esse tipo de investimento é de alto risco e rápida oscilação, aproveitar o momento de obter um lucro ideal fará muito sentido a um investidor perspicaz.

Diferenças entre stop loss, stop gain e stop moving

Agora que já analisamos os conceitos e utilizações de stop loss e stop gain, vamos adicionar um outro tipo de técnica: o stop moving. Além disso compararemos uns com os outros para que você consiga diferenciar o momento ideal para tomar decisões em cada técnica.

Primeiramente vejamos o conceito de stop moving

De acordo com um dicionário bilíngue o termo "stop" significa parada. A partir dessa identificação podemos auferir como essa técnica pode funcionar no mercado de ações. Seria o momento ideal de parar com as operações em determinada ação antes que ocorra prejuízo.

Qual seria o momento ideal para usar a técnica de stop moving?

Muitos especialistas consideram a técnica de stop moving como uma maneira de limitar as perdas. Portanto, seria ideal para ser usado quando as perdas são bem pequenas e o investidor enxerga no horizonte uma tendência de baixa.

Análise diferenciativa entre stop loss, stop gain e stop moving

Para operar com habilidade no mercado você precisará entender quando deve atuar com cada técnica da melhor maneira. Vejamos adiante uma lista de fácil entendimento para lhe permitir conhecer quando agir com cada técnica da melhor maneira.

  • O stop loss deve ser usado quando a ação chega a um limite de perda preestabelecido pelo investidor.
  • Já o stop gain será ideal quando a ação chegou a um limite perfeito de lucratividade e pode ser vendida até para evitar descidas futuras.
  • O stop moving é uma forma de saída do mercado quando você acredita que pode ter tomado uma decisão ruim e precisa evitar perdas maiores.

Stop moving e stop loss são diferentes

O stop loss é um valor percentual predeterminado que o investidor define para evitar prejuízos não é mesmo? O stop moving é parecido; de certa forma, porque o trader para de investir no mercado para evitar maiores prejuízos. Portanto, o ideal é saber definir a melhor técnica a ser usada no momento de tomar decisões.

Além disso, há muitos investidores que consideram os stops uma forma de dar vantagens aos adversários porque você estará vendendo barato. No futuro aquela ação pode voltar a ter alta. Portanto, conheça bem sobre o mercado antes de tomar qualquer decisão.

Já no caso do stop moving, pode-se considerar que a margem de perda seja menor. Portanto, o investidor para de operar no mercado quando começar a ver que a ação terá uma tendência de queda e deseja evitar que futuramente a baixa atinja um nível que pode prejudicar seus investimentos.

A dúvida de muitos: fazer o stop ou não?

No mercado de ações embora essas estimativas mais exatas sejam importantes nada é 100% indicado unanimemente. O investidor com "feeling" e também alguma habilidade mais subjetiva para observação do mercado provavelmente conseguirá excelentes resultados aprendendo as técnicas de stop e usando a sua capacidade imaginativa.

A importância dessas técnicas para os investimentos

Há investidores que não utilizam técnicas de stop para fazerem especulação. Eles preferem usar a diversificação da carteira de investimento como o principal fator que lhes permitirá impedir um volume considerável de prejuízo.

No entanto, conhecer para conseguir usar essas técnicas sempre que necessário será muito importante. Não é exagero enfatizar a importância de conhecer e estudar cada vez mais sobre o mercado de ações caso você queira operar na bolsa de valores profissionalmente e com lucros consideráveis.

A importância de colocar limites

Os stops nada são mais do que a determinação de alguns limites para que o investidor opere da melhor maneira possível. Há outros tipos de stop, além do stop loss e os outros acima identificados.

Alguns outros tipos de stop para operação nas bolsas

  • Stop catastrófico: é usado quando as movimentações do mercado não saem como esperado e há uma queda brusca. O investidor usa esse tipo de stop após uma perda considerável que supera o nível de stop loss.
  • Stop protetivo: é um tipo de stop que visa proteger os lucros já obtidos e com apresentação de gráficos com tendências de manutenção mais longas.
  • Stop de embate: esse é usado quando os preços andam conforme previsto no planejamento. O valor da corretagem é adicionado e esperado, obtendo lucratividade menor até porque ela já era esperada dessa maneira.

Os stops são feitos para uso da lógica não do que for mais conveniente

O stop é determinado pela oscilação do mercado, através de um modelo direcional que dá indicações sobre possíveis movimentações. Determinar os pontos de stop para cada situação exigirá que o investidor analise os dados. Cabe ao trader estudar os tipos de stops existentes e determiná-los a partir de seus melhores interesses.

Muitos estudiosos do tema consideram que há dois tipos de investidores no que concerne aos stops. Os que podem utilizar as técnicas e aqueles que não porque podem se confundir. É sempre importante lembrar que essas técnicas são criadas para ajudarem o investidor e você não deve ficar preso a isso. Com certeza serão pontos de referência importantes, porém tente analisar tudo de forma holística.

Como usar as técnicas? Como definir uma ordem de utilização?

Antes de fazer o uso de qualquer técnica de stop, será necessário definir os seus objetivos com isso. Com certeza é fundamental saber coletar os dados e também conhecer os métodos para definir os pontos de stop e gerenciar seus riscos. A operação na bolsa de valores envolve riscos e exige sabedoria para a tomada de decisões.

Os gráficos ou tabelas de análise que determinam e delimitam algum stop são simplesmente isso. Uma ordem de stop deve ser emitida de acordo com a obtenção de dados realistas sobre o mercado financeiro.

Quando fazer uma ordem de stop loss?

Considere os seguintes elementos ao realizar a definição de um ponto de stop loss:

  • Variação no preço, identificando o quanto você possa estar disposto a investir, perder ou ganhar.
  • Histórico, buscando analisar as variações de determinada ação ao longo do tempo.
  • Definição de um stop loss a partir de indicadores técnicos são muito importantes porque você precisará trabalhar com dados reais.
  • Tempo, nesse caso se uma determinada ação mantém um patamar de preço por muito tempo talvez seja melhor você procurar um outro negócio mais lucrativo.

Definindo um stop loss bem-sucedido

É importante, por exemplo, que o investidor deixe um limite de spread de geralmente 3%. Isso serve para evitar que o seu stop seja determinado por variações diárias que podem não refletir uma tendência a longo prazo. Lembre-se de que aprender sobre as técnicas de stop é importante para sua gestão de risco. Portanto, obtenha o máximo de informação que você puder e também entenda as melhores maneiras de analisar suas informações antes de tomar qualquer decisão de stop loss ou outro tipo.

Definindo uma ordem de utilização

Resumidamente uma ordem de stop loss, por exemplo, é automática desde que seja definida uma margem em seu Home Broker. O investidor pode programar a venda automática se suas ações chegarem no ponto de stop loss delimitado.

Ordens para outros tipos de stops no mercado de ações

Sem ser o stop loss, há outros tipos de ordens de stop que podem ser utilizados também pelo Home Broker. Como, o stop gain entre outros também identificados aqui precisam ser gerados a partir de uma ordem automática definida pelo sistema ou manual. Independentemente dos valores definidos e se forem automáticos ou não, o investidor precisará entender sobre o mercado de ações para criar limites e pontificar suas decisões.

Dicas para utilização

Vejamos agora algumas dicas importantes para utilização de um stop loss ou outros tipos de stop no mercado de ações.

  1. Defina um ponto de baixa que você poderá identificar como limite de perda.
  2. Se o seu sistema Home Broker tiver recursos para uma venda automática, configure.
  3. Lembre-se de que um stop loss é um limite de prejuízo que não te prejudique tanto, dessa forma tenha em mente uma porcentagem sustentável.
  4. Varie sua carteira de investimentos mesmo que um determinado tipo de ação esteja em alta como tendência no mercado de ações tudo pode acontecer.

Conclusão

Neste artigo falamos sobre o stop loss e outros tipos de stop para operação no mercado financeiro. Você gostou desta postagem? Não se esqueça de deixar o seu like e compartilhar com todos as informações e dicas contidas aqui!

Experimente já a
plataforma de negociação
MetaTrader 5!
Esse artigo foi útil?